Decoração

Qual o melhor tamanho de forno?

O tamanho ideal para o forno depende de uma série de fatores que envolvem o tamanho da família, a frequência de uso e a área disponível para o eletrodoméstico. Para que você descubra qual o melhor tamanho de forno para sua realidade, confira as dicas elencadas pela coordenadora de marketing de produtos da Mueller, Luciana Ferreira dos Santos.

Escolhendo o tamanho do forno

Em primeiro lugar, é preciso entender que a capacidade do forno é medida em litros. Para definir quantos litros são necessários para sua realidade, Luciana sugere algumas perguntas:

  • Com que frequência eu pretendo cozinhar e utilizar o forno?
  • Para quantas pessoas?
  • Qual o tipo de receita que eu mais preparo?

A partir das respostas, é importante considerar os seguintes parâmetros norteadores:

  • 35 litros: ideal para quem vive sozinho ou casais que utilizam o forno com menor frequência;
  • 44 litros: perfeito para famílias com crianças;
  • 68 litros: serve grupos de pessoas mais numerosos ou até mesmo quem cozinha para fora.

“Lembrando que é super possível cozinhar para um número maior de pessoas utilizando um forno de 44 litros. Nesse caso, o caminho é o planejamento para fracionar o preparo”, comenta Luciana. Além disso, a leitura do manual do forno é fundamental para confirmar informações detalhadas como as dimensões internas, altura, largura e profundidade. Confira as medidas antes da compra, para saber se o eletrodoméstico se adequa à sua realidade.

O que será assado?

Receitas mais frequentes e quantidades são pontos importantes na decisão. Aves, carnes e receitas grandes como lasanhas indicam um forno com 44 litros ou mais. Preparos médios, como por exemplo pizzas de 30cm, podem tornar o forno de 35 litros uma boa opção. Considere, também, o espaço disponível na sua cozinha para adicionar o novo eletro.

Segurança e economia

Ainda que não receba a devida atenção, o isolamento térmico é capaz de impactar o consumo de energia — diminuindo custos — e de interferir na forma como a refeição é assada. O vidro duplo na porta é outro detalhe importante. A escolha auxilia na retenção do calor e é considerado mais seguro, por diminuir as chances de queimadura na área externa do equipamento.

Forno de embutir ou forno convencional?

O “onde” também é uma grande questão quando o assunto é forno. Mesmo com as diferenças, os modelos entregam, em geral, as mesmas funções e benefícios. A decisão, então, é estética e funcional. Pense no layout do seu espaço para definir o que faz mais sentido para você.

Forno elétrico ou a gás?

A principal diferença entre eles está no termostato presente na parte interna dos fornos elétricos. Devido à ferramenta, nesse modelo você garante maior precisão de temperatura. Por isso, o ponto se torna positivo no cotidiano, em situações em que você precisa utilizar o forno sem oscilações de calor.

Amanda Bernardo

Graduanda de jornalismo da Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Experiência em cobertura das principais feiras de decoração, arquitetura e design nacionais, como CASACOR e Mostra Glass. Cobre, ainda, novidades sobre moda, beleza, cultura e bem-estar. Além de repórter no digital, integra a produção do programa de rádio Like 103.3, do impresso e das redes sociais. Apaixonada pela escrita e por séries, livros e filmes de comédia romântica.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *