- Decoração -

Porto Cara de Mau tem décor inspirado em ícone francês e mundo de oceanos e piratas

16.06.2021 por Simone Rocha

Famosa em Gramado, a pizzaria Porto Cara de Mau chega à capital gaúcha. O local foi escolhido de forma estratégica: o Boulevard Laçador, um complexo gastronômico localizado ao lado do Aeroporto Internacional Salgado Filho, que já caiu no gosto dos gaúchos e dos visitantes de Porto Alegre.

Se a beleza do exterior do prédio já impressiona, com um pirata de nove metros de altura e quase duas toneladas no alto da construção recepcionando os clientes, imagine o quão fascinante é o interior da pizzaria temática.

Inspirações no célebre cabaret Moulin Rouge, o famoso e centenário endereço de Paris, marcam presença no décor da Porto Cara de Mau. A combinação de vermelho, preto e cores intensas evocam ao ambiente boêmio da casa parisiense, recriando na marcante decoração a sensação de experiência da grande atração do ícone francês, o espetáculo Féerie, que é formado por cinco cenas, uma delas intitulada Les Pirates, ou, Os Piratas, que conduz o público pelo convés de um navio pirata até a Indonésia.

O universo lúdico foi projetado pelo designer Carlos Volk e executado pela arquiteta Daiani de Medeiros. A construção civil ficou a cargo da empresa Engenhosul, sob responsabilidade dos engenheiros Marco Aurélio Périco, Rodrigo Finkler, Melissa Pereira e Eduardo Silveira, com projetos complementares dos engenheiros Marcelo Blum e Jéssica Talana Werle. Os materiais para execução da obra e acabamentos foram fornecidos por Zini Materiais de Construção, empresa de Paulo Zini, esposo da arquiteta Daiani.

É o maior complexo temático gastronômico pirata da América Latina. Cada centímetro foi pensado para surpreender e provocar diferentes sensações e sentimentos de uma verdadeira experiência sensorial.

Fachada
Quem desembarca no Porto Cara de Mau chega a uma área tropical, com paisagismo orgânico, já para entrar no clima da temática. Já a construção remete a um porto antigo, com volumes e molduras salientes, realizados pela IPF Molduras, assim como grades em ferro produzidas pela Tomazi Art em Ferros. O pirata gigante e os piratas menores, dispostos nas vitrines, foram exclusivamente produzidos pelo artista plástico André Paz Lopes, de Gramado, que também criou as criaturas do mar e o polvo gigante que decoram o interior da casa.

Foto: Marcelo Melo/Divulgação

Entrada
Na entrada da casa foram instalados quadros que interagem com os clientes, assim como bancos revestidos com lonas de caminhão com uso de capitonê. As lonas antigas foram garimpadas em vários locais, de loneiro em loneiro – profissionais que consertam lonas para os caminhoneiros. “Além de as lonas terem maior resistência que os tecidos, ainda há a questão ambiental, pois não é um tecido sintético, feito à base de petróleo. É algodão encerado”, explica a arquiteta Daiani de Medeiros. O revestimento das paredes é de arenito, e o pavimento ainda é ornamentado com um mega aquário decorado, de 10 metros de comprimento, com peixes vivos fornecido pelo Eco Bichos, de Gramado.

Foto: Marcelo Melo/Divulgação

Salão principal
O salão principal é decorado com plotagens nas paredes e painéis adesivados, executados pela Pro Art Comunicação Visual, que também assina o letreiro em neon ‘Cabaret du Porto’, no palco.

O salão também conta com painéis enormes em Led Tecno Ocean. Lustres de cristais, espelhos dourados e teto em veludo vermelho complementam a decoração. Foram usados mais de 1.700 metros de tecido com produto retardante antichamas entre forro de tecido e cortinas, executados por Ineide Cortinas.

A empresa Tedesco Móveis executou todo o mobiliário da casa foi todo feito com madeiras de reflorestamento, como o pinus Taeda, que é muito mais resistente que o pinus normal. No piso do salão a opção foi por cimento queimado discado.

Foto: MARCELO MELO/DIVULGAÇÃO

Camarotes
Os camarotes vips da Porto Cara de Mau têm mesas com tampo de vidro rebaixado, expondo vários tesouros e peças garimpadas em antiquários, como réplicas de joias. Os bancos são de corino vermelho com capitonê.

Foto: Marcelo Melo/Divulgação

Iluminação

Os projetos de iluminação e sonorização têm destaque. A iluminação cênica para os shows foi produzida por Pedro Henrique Candiago Schneider e a empresa G3 Fantoni foi responsável pela parte de sonorização.

Um polvo gigante impactante de 8 metros de largura decora o teto do bar, que também conta com grandes gaiolas enferrujadas com esqueletos em tamanho humano.

Foto: Marcelo Melo/Divulgação

Foto: Marcelo Melo/Divulgação

Banheiros
Os banheiros também entram na fantasia pirata com bancadas cheias de pérolas e caramujos, com teto ornado por criaturas do mar. Cavalos marinhos adesivados, que reagem à luz negra ficando fosforesceste, tornam o hall dos banheiros um dos ambientes preferidos para selfies.

Foto: Marcelo Melo/Divulgação

Espaço kids
O espaço destinado às brincadeiras da garotada está pronto, apenas esperando que o período imposto pelas restrições sociais e de saúde permitam seu uso. Aqui, além dos brinquedos preferidos dos espaços kids, produzidos pela FitBrink, as criaturas do mar também marcam presença com plotagens temáticas. No chão, a opção foi por grama sintética.

Foto: Marcelo Melo/Divulgação

Empresa
A nova atração temática é liderada pelo Grupo Unity e se soma a outras três unidades de grife em pizzaria e entretenimento, localizadas em Gramado, na Serra Gaúcha: o Porto Cara de Mau, Navio Cara de Mau e Pizzaria Scur. Em uma área total de 1.200 m² e capacidade para entender até 220 pessoas sentadas, a Porto Cara de Mau oferece um rodízio de mais de 80 variedades de pizzas.

Em períodos normais, sem restrições por saúde, a casa brinda os clientes com shows temáticos, e até baladas piratas. Entretanto, devido as normas de distanciamento social ainda não estão acontecendo os tradicionais shows, pockets, DINNER SHOW e a balada pirata, que são umas das marcas da marca Cara de Mau.

Contatos:
Arquiteta Daiani de Medeiros (54) 99909 0996
Designer Carlos Volk (54) 99123 7080

Publicidade
Publicidade
Publicidade