- Variedades -

Se você está amando Dark, assista esses dois filmes

03.07.2019 por Julia Lauxen

Foto: Divulgação

A segunda temporada de Dark acaba de chegar na Netflix e tem gente por aí que já assistiu a todos os episódios. Estou apenas iniciando essa maratona e, como fã, entendo a fixação do público: o enredo é muito intrigante e perfeitamente construído. A primeira temporada já causou ansiedade nos espectadores, que ficaram contando os dias para a estreia da segunda parte. Essa história é uma ficção que mistura muitas coisas: a lei da relatividade de Einstein, o acidente nuclear de Chernobyl, mitologias e muita física. Baran bo Odar e Jantje Friese, os criadores da série alemã, devem ter estudado muito para fazer uma narrativa tão confusa e ao mesmo tempo tão consistente.

Foto: Divulgação

Para quem gosta desse tipo de entretenimento, tenho dois filmes maravilhosos para indicar:

• A CHEGADA •

Foto: Divulgação

Esse filme trata da percepção do tempo através da linguagem. Quando alienígenas aterrissam na Terra e o governo americano percebe que tudo o que eles desejam é se comunicar, decidem convocar a renomada linguista Dra. Louise Banks (Amy Adams) e o físico Ian Donnelly (Jeremy Renner) para interagir com as criaturas, desvendarem seus sinais e descobrirem por que estão instalados na Terra. Durante esse contato, Louise descobre o que eles vieram ensinar: o tempo não funciona como imaginamos.

Com personagens e um enredo superenvolvente, esse filme prende a atenção do espectador por quase duas horas e ainda o faz refletir durante alguns dias após tê-lo assistido.

Para você ficar com mais vontade ainda de conferir, segue aqui o trailer:


• INTERESTELAR •

Foto: Divulgação Interestelar é uma mistura de física com um pouco de ficção. A história é especialmente voltada para a vida de Cooper (Matthew McConaughey), ex-piloto da NASA, que é convocado para ajudar a humanidade juntamente com outros pilotos. Após uma praga ter tomado conta da Terra e destruído as plantações, eles vão em busca de uma nova casa para o ser humano e, para isso, precisam passar por um buraco de minhoca. O fim do filme é tão impactante que faz você repensar vários contextos com os quais está acostumado. Vale muito a pena!

Publicidade
Publicidade
Publicidade