- Variedades -

Saiba como fazer uma horta em casa

29.05.2019 por Da Redação

O Brasil lidera o ranking quando o assunto é o uso de agrotóxicos. Em 10 anos (2002-2012), o uso da substância cresceu 115%, de acordo com dados da 6ª edição dos Indicadores de Desenvolvimento Sustentável (IDS) 2015, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Essa informação já é suficiente para fomentar o aumento de hortas orgânicas em casas e apartamentos.

Além disso, saber a procedência dos alimentos que são colocados à mesa é outro fator que levou muitos brasileiros a plantarem suas próprias verduras, legumes e frutas.

Soma-se a isso a economia que uma horta em casa pode gerar. Sem ter que procurar alimentos aparentemente saudáveis em feiras livres e enfrentar longas filas nos supermercados em busca de promoções, cultivar mudas na própria residência passou a ser opção para muita gente que vem colocando a saúde em primeiro lugar e lutando para ver o dinheiro render um pouco mais no fim do mês.

Outro benefício da horta em casa: sem a necessidade das idas constantes aos mercados para a compra de determinadas frutas, verduras e legumes, ocorre economia de combustível com menos saídas de carro e, também, redução do uso de sacolas plásticas. Ou seja, o meio ambiente só tende a agradecer com esse tipo de iniciativa.

Sendo assim, vamos começar a cultivar nossa horta em casa?

Qual lugar escolher para montar a horta?

Sabia que você não precisa dispor de muito espaço? Dependendo do que deseja plantar e do tamanho dos vasos, pode-se usar até mesmo o parapeito da janela.

E as hortas verticais, além de bonitas, ajudam a decorar o ambiente. O essencial mesmo é que o sol tenha fácil acesso ao local e que você possa frequentemente regar a horta.

Foto: Divulgação

Evite escolher locais muito encharcados, pois isso pode comprometer a vida das mudas. Além disso, é importante evitar que animais tenham acesso ao local. Caso você monte sua horta em apartamento, escolha a varanda ou a área de serviço para abrigar os vasos.

Como preparar o solo?

Sem um solo adequadamente preparado e cuidado, as suas plantas ficarão comprometidas. E, já que estamos falando de alimentos sem agrotóxicos, uma boa dica é optar por adubos naturais. Entre as opções estão a torta de neem, que aduba e afasta diferentes tipos de pragas, e húmus de minhoca. É possível, também, recorrer à compostagem.

A torta de mamona também é um bom adubo orgânico, porém é preciso ter cuidado ao usá-lo, pois é tóxico para crianças e animais. Foto: Divulgação

Onde plantar as mudas?

A criatividade anda solta por aí e você pode encontrar vasos em forma de copos, xícaras e bules, ou ainda improvisar usando latas, botas e até pás de cereais. Também é possível recorrer às garrafas PET.

Foto: Divulgação
É importante que o recipiente tenha furos para o escoamento de água.

Se você tem um jardim ou uma determinada área reservada para isso, pode dispensar os vasos e plantas as sementes e mudas diretamente no solo.

O que você pode plantar?

O tipo de plantação vai depender da área que você tem disponível para fazer a horta e do que você deseja ter em casa sempre à mão. De uma maneira geral, pode-se plantar:

-Temperos: manjericão, tomilho, alecrim, capim-limão, cebolinha, orégano e coentro
-Frutas: pitanga, morango, jabuticaba, tomate e limão
-Legumes: cenoura, beterraba, rabanete e cebola
-Verduras: alface, rúcula, espinafre e acelga

Foto: Fotolia O plantio pode ser feito por meio de mudas (ideal para quem tem pressa) ou colocando a semente direto na terra. Plantas com características parecidas até podem ocupar o mesmo vaso, desde que estejam a uma distância de pelo menos 30cm.

E fique de olho no clima antes de começar a plantar, pois ele pode influenciar no desenvolvimento das plantas.

Foto: Fotolia

Nunca deixe de regar as plantas

Matar a sede da planta é regra básica para quem deseja ter uma horta bonita e bem cuidada. Se você mora em locais muito quentes, regue a planta duas vezes ao dia. Caso contrário, uma vez só é suficiente.

Quando se fala em regar, um cuidado essencial é não encharcar os vasos. Da mesma maneira que a falta de água pode matar a planta, o excesso pode trazer o mesmo efeito. Por isso, antes de abastecer o regador, coloque o dedo na terra. Se ela estiver úmida, não precisa receber mais água.

Fonte: Pensamento Verde

Publicidade
Publicidade
Publicidade