- Turismo -

NOVOS PARQUES PARA INCREMENTAR O TURISMO DA REGIÃO

03.11.2020 por Bruna Kirsch

Canela, Gramado, Nova Petrópolis e São Francisco de Paula apresentam novos atrativos.

A pandemia do novo coronavírus pegou todo mundo de surpresa, mas as expectativas são positivas quanto à retomada do setor. O turismo local vem ganhando força e a Serra gaúcha vai receber novos parques inovadores que prometem surpreender toda a família. Confere aí!

SKYGLASS CANELA

Foto: Reprodução Uma superatração que promete movimentar Canela já tem data prevista para inaugurar. Sim, os amantes de natureza e de aventura poderão conhecer o Skyglass Canela a partir do dia 4 de dezembro. Única no mundo, a plataforma estaiada de aço e vidro avança 35 metros sobre o Vale da Ferradura, oferecendo uma vista de tirar o fôlego do Rio Caí a 360 metros de altura. Além do comprimento imponente da plataforma, que faz da Skyglass Canela a maior do mundo, o empreendimento inova ao apresentar duas formas de contemplação da natureza. O visitante pode apreciar toda a sensação de liberdade caminhando por cima do vidro ou andar por baixo da plataforma num monotrilho. O brinquedo inédito, que recebeu o nome de Abusado, vai oferecer 10 cadeiras suspensas. Tudo com acessibilidade total aos visitantes. “É um projeto único na América Latina e com modelo inédito em nível mundial. Será algo maravilhoso. Não apenas a construção da Skyglass, mas as maravilhas do Parque da Ferradura. Chegamos para agregar ao turismo regional e vamos fazer história”, afirma o gerente do parque, Fabrício Medeiros. Apesar do período de incertezas por conta da pandemia, o cronograma de obras está transcorrendo dentro do previsto e seguindo rigorosos protocolos de saúde. Veja mais no Instagram em @skyglasscanela.

INFRAESTRUTURA COMPLETA
Com capacidade para receber três mil pessoas por dia, o parque vai oferecer completa infraestrutura para o visitante contemplar a natureza de forma responsável. O atrativo contará com praça de alimentação, lojas, estacionamento e o também inédito Memorial do Ferro de Passar, que vai reunir um acervo aproximado de 300 peças. O empreendimento preza pela preservação do meio ambiente e possuirá estação de tratamento de esgoto modelo, com 98% de pureza da água na saída do processo para utilização nos sistemas de irrigação.

PARQUE AQUÁTICO GRAMADO

Foto: Reprodução Já em Gramado, um dos parques mais esperados é o Parque Aquático Gramado, que será coberto e abastecido com água termal. Trata-se do novo empreendimento da Cristais de Gramado, uma ideia trazida pelo diretor da empresa, Telmo de Freitas Gomes, e pelo seu fi lho, após fazerem um curso sobre parques aquáticos em Las Vegas, Estados Unidos, em 2014. O parque está em processo de licenciamento junto à prefeitura e, após a aprovação, que deve ocorrer até o fi m do ano, levará um ano e dois meses para ser construído.
O atrativo será construído nas proximidades da RS-115, próximo ao pórtico da cidade, terá 14 mil metros quadrados de área coberta e será abastecido com água termal com temperatura de 39° C, extraída de um poço, com 750 metros de profundidade, do manancial do Aquífero Guarani. “Água termal é algo que movimenta as pessoas do mundo inteiro e faz com que elas se desloquem para um fim de semana ou um período de relaxamento. No Rio Grande do Sul, as pessoas em geral não têm piscina em casa, por causa do clima frio ou possuem apenas as externas para uso no verão. Por isso, pensamos em um parque aquático que não existe na região”, conta Telmo.

PARA TODAS AS IDADES

O espaço terá atrações para todas as idades e promete capacidade para receber até quatro mil pessoas por dia, devendo gerar 120 empregos. Dentre os atrativos estão piscina rasa com spray de água para os bebês, montanha russa com boias, piscina com ondas, bar molhado, bangalôs para descanso e um rio lento, que será subterrâneo com a temática estalactite. Um dos diferenciais do projeto é que o teto será retrátil e transparente, contando com uma tecnologia alemã. “As pessoas terão a sensação de estarem ao ar livre”, diz Telmo. A sustentabilidade também estará presente, com estação de tratamento de esgoto. “A água extraída do poço vai ser para manter as piscinas cheias. Nós vamos reaquecer as águas com caldeira para preservar o manancial", salienta o empreendedor.

A CIDADE ZAANDAM

Foto: Divuilgação Um sonho criado por uma família de descendentes holandeses que queriam homenagear as colônias existentes no Brasil e reproduzir em Nova Petrópolis a vida de uma cidade típica da Holanda. Foi assim que nasceu a Cidade Zaandam, em homenagem à cidade do Rio Zaan, próxima a Amsterdã. No parque, que tem data de abertura marcada para o dia 30 de outubro, o visitante encontrará com riqueza de detalhes todos os aspectos da vida em uma vila típica, com a casa do moleiro ao pescador, um museu, um moinho de vento gigante, uma cervejaria típica – afinal, ninguém faz cerveja melhor do que os holandeses, música e, claro, comida típica. Também fará parte da estrutura do empreendimento uma confeitaria e padaria, restaurante, bar internacional, lounge Heineken, Vila de Natal do Sinter Klaus, entre outros. As crianças poderão curtir um Espaço Kids no Moinho Mágico, com brincadeiras educativas, aprendendo sobre sustentabilidade com a turma do moinho. A magia da Cidade Zaandam termina com o maior show de luzes e música do Brasil, o Wals van Lichten. A atração tem entrada gratuita e fica na Avenida 15 de Novembro, 1.057. Veja mais no Instagram @zaandamnp.

MARIA FUMAÇA DAS HORTÊNSIAS

Foto: Reprodução Já São Francisco de Paula receberá o Parque Maria Fumaça das Hortênsias. O empreendimento será encabeçado pelo Grupo Pró-Serra, com investidores da região, entre eles, Telmo de Freitas Gomes. A linha de trem terá 15 quilômetros, tendo início na Barragem do Salto, seguindo até a Barragem do Blang, onde haverá um espaço de permanência com outras atrações. O percurso segue por uma fazenda e, segundo Telmo, trará mais aspectos da cultura serrana e gaúcha. “O licenciamento dessa obra está indo em uma velocidade que nos agrada. Acreditamos que ainda neste ano teremos o licenciamento da Maria Fumaça”, explica Telmo, completando que, após a aprovação, as obras levarão cerca de 1 ano e 2 meses. O empresário ressalta que os grupos de turismo que visitam a Serra não precisarão mais se deslocar até Bento Gonçalves para aproveitar um passeio de trem, já que São Chico fica a apenas 30 minutos de Gramado. O trem terá, inicialmente, seis vagões, podendo atender até nove mil pessoas por dia. A estação do Blang terá um paradouro com restaurante e outros parques. “Será possível fazer piquenique e curtir outros atrativos no local. Como o trem será circular, o turista poderá permanecer no parque o tempo que ele quiser”, enfatiza Telmo.

MULTIVERSO EXPERIENCE

Foto: Reprodução Outro atrativo que deve inaugurar ainda neste mês em Gramado é o parque de projeção mapeada Multiverso Experience. “Nos inspiramos em um parque de Paris (França), instalado há 2 anos e que neste período recebeu mais visitantes do que a Torre Eiffel”, menciona Telmo de Freitas Gomes, um dos sócios do negócio. O parque será inaugurado em outubro no cinema de Gramado, junto ao Palácio dos Festivais, e fi cará instalado lá até fevereiro (depois passará para um novo prédio). “Em uma área de 1.200 metros quadrados exibiremos três filmes em looping, que serão projetados em todas as paredes e pisos. Inicialmente teremos um filme com o tema natalino, um sobre Leonardo da Vinci, e um último que une espiritualidade e ciência, com o nome A Mente de Deus. Vale ressaltar que todos os filmes são feitos pela nossa própria empresa”, revela o empresário. Ele aponta ainda seguirão todas as regras e protocolos de segurança durante o período de pandemia, com capacidade reduzida, troca de ar e disponibilizando álcool em gel. O Multiverso Experience também abrirá em breve em Balneário Camboriú (SC), Florianópolis (SC) e Porto Alegre.

SICREDI APOIA O TURISMO LOCAL

A Sicredi Pioneira RS, pela natureza cooperativista que possui, procura manter uma relação muito próxima com as comunidades onde atua. De acordo com Daniel Hillebrand, gerente de relacionamento da cooperativa, o turismo é um segmento estratégico devido ao impacto econômico e social na sua área de atuação (que engloba 21 municípios dos Vales do Sinos, Caí e Serra gaúcha). “Dessa forma, estruturamos estratégias de atuação que envolvem a oferta de produtos e serviços financeiros, como linha de crédito específica aos empreendimentos do turismo, com taxas, prazos e carências diferenciadas, mas também oferecemos recursos repassados do governo como Fungetur e BNDES. Além de todo o portfólio de soluções financeiras como máquina de cartão, meios de pagamento, PIX, QR Code, entre outros”, menciona.
Ele também aponta que a cooperativa busca se aproximar das comunidades por meio de parcerias com prefeituras, entidades e empresários, em iniciativas que envolvam o turismo na região. Além de oferecer linhas de crédito para empreendedores do setor, a Sicredi Pioneira RS também dispõe de opções para quem quer viajar.

RETOMADA DO SETOR
Daniel acredita que a retomada do turismo já está acontecendo de forma lenta com o turismo regional, mas precisa acontecer logo de forma interestadual. “Precisamos reaquecer essa economia limpa e sustentável, cheia de oportunidades especialmente na nossa região. Mas para isso, temos que estar preparados, primeiro, com toda a segurança e cuidados necessários, mas também qualificados, prontos para atender encantando os turistas. Para isso, a união de esforços é fundamental”, diz.

NOVIDADES
Em se tratando de novas atrações turísticas na Serra, Daniel destaca o empreendimento Skyglass, em Canela, que vai revolucionar a experiência do turismo na região, e também, na mesma cidade, os espetáculos com projeção mapping na catedral de Canela, que contam com o patrocínio da cooperativa. “Temos duas iniciativas surgindo em Nova Petrópolis, uma é o projeto Experiência Edelbrau, que vai contar a história da cerveja de forma colaborativa e sustentável, e outra é a Cidade Zaandam, um ambiente gastronômico inspirado na cidade holandesa”, adianta.

Publicidade
Publicidade
Publicidade