- Turismo -

ARRAIAL DO CABO E BÚZIOS: QUAL É O MELHOR DESTINO?

18.02.2020 por Bruna Kirsch

Quem aí concorda que visitar o Rio de Janeiro é sempre uma boa opção? Para quem já conhece a Capital  o Estado, uma dica é se aventurar na belíssima Região dos Lagos. Mas, como escolher o melhor local para se hospedar? Eu e meu marido estivemos lá no fi m do ano e, depois de muita pesquisa, resolvemos ficar duas noites em Arraial do Cabo e uma em Búzios. Querem saber como foi?

ARRAIAL DO CABO

Foto: Adobe Stock

Mais conhecido como Caribe Brasileiro, Arraial do Cabo é sem dúvidas um dos melhores destinos do Brasil  ara quem quer descansar com os pés na areia em meio a um cenário paradisíaco. O trajeto entre o  eroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e Arraial do Cabo dura cerca de 2h30 de carro. Nós escolhemos nos hospedar na Prainha, a primeira praia de quem entra em Arraial. Como o nome sugere, é uma praia curtinha, mas incrivelmente linda. As águas são calmas e transparentes, e a rua à beira-mar é ouco movimentada (à noite chega a ser deserta). O movimento por lá fica por conta das barraquinhas (trailers) que vendem milho, água de coco, lanches e drinks. Como a nossa ideia era acordar com “os pés na areia”, acredito que a escolha do local foi adequada. À noite, Arraial do Cabo é muito tranquila, então pode ser meio entediante para quem gosta de badalação. Como ainda não era alta temporada, havia poucos restaurantes abertos. A dica é o Astral Beach Food (@astralbeach.food), de um casal de gaúchos, e que oferece burgers e pokes deliciosos. Na Praia Grande também ficam alguns restaurantes bacanas.

CONHEÇA AS PRAIAS:

Foto: Adobe Stock

O mar de Arraial do Cabo é um espetáculo à parte. Segundo especialistas, na região ocorre o fenômeno da ressurgência, que leva à superfície águas profundas, ricas em vida marinha. Além disso, o lugar é um dos Melhores pontos para mergulho no País, por conta das suas águas claras e das inúmeras espécies de peixes. Confere aí:

• PRAINHA: é de fácil acesso e possui mar calmo na cor azul-turquesa. É um bom local para se hospedar. As águas costumam ser mais quentes que nas outras praias da cidade.

• PRAIA GRANDE: é a maior e a mais movimentada de Arraial, onde fi ca a maior parte dos hotéis e estaurantes. Conta com uma boa estrutura para quem quer passar o dia na praia, além de um calçadão à beira-mar. É o point para os surfistas.

• PRAIA DO FAROL: é uma das mais paradisíacas, mas é de difícil acesso. Só é possível chegar até ela de barco e a permanência na ilha é limitada (o barco sai da Praia dos Anjos). O mar é lindo de águas claras e calmas, mas costuma ser gelado.

• PRAINHAS DO PONTAL DO ATALAIA: elas ficam situadas bem em frente à ilha do Farol e, portanto, não perdem em termos de beleza. Seu mar é lindo, calmo e transparente, e as areias são finas e branquinhas. São, na verdade, duas prainhas, separadas por uma pedra, que na maré baixa parecem uma só. Para chegar até elas é preciso pagar uma taxa por carro (na alta temporada a entrada é limitada, portanto, cheguem cedo). Depois de seguir por uma estrada de terra por alguns minutos, vocês verão a famosa escadaria de 225 degraus (símbolo de muitas fotos dos viajantes). Outra opção é ir de barco a partir da Praia dos Anjos.

• PRAIA DO FORNO: é a mais popular e a favorita dos turistas que vão a Arraial do Cabo. O acesso é feito por uma curta trilha a partir da Praia dos Anjos (não deixem de parar no alto do morro para uma foto) ou de barco. Por esse motivo, não há pousadas ou restaurantes no local, apenas barraquinhas de petiscos. O mar é calmo, com águas azuis e límpidas.

BÚZIOS

Foto: Adobe Stock

Depois de dois lindos dias curtindo as praias paradisíacas de Arraial do Cabo, seguimos para a famosa Armação dos Búzios ou, simplesmente, Búzios. O trajeto entre as praias levou cerca de uma hora de carro. E confesso: Búzios ganhou meu coração. A orla é encantadora e as praias são igualmente lindas. O destino se tornou mundialmente famoso graças à atriz francesa Brigitte Bardot, que passou quatro meses por lá em 1964. Hoje, ela empresta seu nome à Orla Bardot, continuação da famosa Rua das Pedras, onde fica sua estátua em bronze. Sendo assim, Búzios é agitada, animada, repleta de bons restaurantes, bares e boates para todos os lados. Quem curte compras não vai cansar de caminhar pela Rua das Pedras, principalmente à noite. De dia, o grande atrativo são as praias. Sim, elas também são belíssimas. As águas são límpidas e refletem a tonalidade azul-turquesa. Areias brancas e fininhas completam o cenário. Não é difícil ver grandes cruzeiros que chegam ao local. Uma noite foi pouco para desfrutar da agitada Búzios, por isso, com certeza voltarei com mais tempo. Quem não estiver de carro em Búzios, pode ir e vir de algumas prainhas a pé ou de bicicleta. Há ainda a opção de táxi marítimo, que cobra valores entre 5 e 30 reais.
Quem quer dar uma volta na ilha pode também contratar um passeio de buggy e fazer um tour pelas praias. Dica: tentem ficar hospedados próximos à Orla Bardot, onde está a maior parte dos restaurantes e dá para curtir o agito noturno a pé.

CONHEÇA AS PRAIAS:

Foto: Adobe Stock

Búzios conta com mais de 20 praias de águas cristalinas em seus oito quilômetros de extensão. Confira algumas:

• PRAIA DE GERIBÁ: é a mais popular e agitada de Búzios. Conta com boa infraestrutura para o visitante. Como tem ondas, é ideal para a prática de surfe e windsurfe.

• PRAIA DOS OSSOS: é o local de partida dos táxis marítimos e não está entre as prediletas para o banho. Por lá estão algumas das construções mais antigas de Búzios, como a Igreja de Sant’Anna.

• PRAIA BRAVA: tem um visual lindo, mas o mar é agitado. O canto esquerdo possui clubes mais requintados e o direito é mais rústico.

• PRAIA DA AZEDA E AZEDINHA: elas estão entre as preferidas do local. São duas pequenas faixas de areia em um ambiente rústico e calmo com águas cristalinas. São os locais preferidos para mergulhar ou praticar stand up. Possuem algumas barraquinhas de petiscos. O acesso é somente a pé, a partir da Praia dos Ossos.

• PRAIA DA FERRADURA: conta com uma faixa de areia muito disputada na alta temporada e atrai famílias com crianças, devido ao mar calmo e raso. Por lá tem até passeio de pedalinho.

• PRAIA OLHO DE BOI: é destinada à pratica do naturismo, por isso é uma das mais difíceis de ser acessada. Ela é pequena e escondida entre as rochas. O acesso é por uma trilha íngrime saindo da Praia Brava.

• PRAIA DE JOÃO FERNANDES E JOÃO FERNANDINHO: parecidas com o visual da Azeda e da Azedinha, elas são um pouco maiores e também têm o mar calmo. São ótimas para crianças.

• PRAIA DO FORNO: possui mar calmo e é uma ótima opção para a prática do snorkel. Costuma ser mais deserta.

• PRAIA DA TARTARUGA: possui mar calmo e uma boa infraestrutura para os visitantes. É uma das prediletas por quem quer praticar snorkel, caiaque, stand up ou ver o pôr do sol.

Publicidade
Publicidade
Publicidade