- Gente -

FICAR EM CASA NÃO É DESCULPA PARA NÃO SE EXERCITAR

16.04.2020 por Marcelo Kenne Vicente

Academias, clubes e parques fechados não são motivos para você deixar de lado sua rotina de exercícios. E aqueles que estavam sem coragem para iniciar uma atividade física podem usar esse período de isolamento como uma oportunidade de impor-se uma atitude saudável.

Foto: Adobe Stock Há exercícios práticos e fáceis de fazer dentro de sua própria casa, não exigindo a utilização de equipamentos específi cos. São ações que vão ajudá-lo a manter o condicionamento físico e a coordenação motora, vencer a preguiça e contribuir para não ganhar peso.

O personal trainer Fernando de Oliveira, da academia Arena, de Novo Hamburgo, afi rma que práticas como polichinelo, agachamento, abdominal, apoio e prancha são fáceis de serem executadas todos os dias e, gradualmente, fazem a diferença à saúde do corpo, aumentando, inclusive, a imunidade. Porém, ele cita alguns cuidados:

• É importante usar uma roupa bem confortável. Nada de bermuda jeans, por exemplo. Vista-se como se estivesse indo à academia.

• Abra portas e janelas para poder treinar em um ambiente arejado.

• Em exercícios de solo, use uma manta ou colchão de abdominal a fim de proteger sua coluna e joelhos.

• Respire de forma adequada (inspire pelo nariz, expire pela boca), enquanto faz as atividades.

• Hidrate-se continuamente com muita água e alimente-se bem.

CINCO EXERCÍCIOS BÁSICOS E FÁCEIS DE FAZER EM CASA:

POLICHINELO

Foto: Adobe Stock • Fique de pé, com os braços ao lado do corpo e as pernas fechadas. Salte, movendo as mãos acima da cabeça e as pernas se afastando lateralmente. Faça dez repetições e vá aumentando dia após dia.

AGACHAMENTO

Foto: Adobe Stock • Afaste as pernas de forma que permaneçam alinhadas à largura dos ombros, flexione os joelhos e movimente o quadril para baixo, empurrando o bumbum para trás. Faça de três a quatro séries, com 12 a 15 repetições.

APOIO – FLEXÃO DE BRAÇOS

Foto: Adobe Stock • Com os braços próximos da linha dos ombros e os pés apoiados ao chão (mulheres podem apoiar-se com os joelhos ao invés dos pés), flexione os cotovelos para baixo e depois para cima. Faça de três a quatro séries, com 12 a 15 repetições.

ABDOMINAL TRADICIONAL

Foto: Adobe Stock • Deite-se no chão, dobre os joelhos e fique com os pés firmes no chão. Usando a força do abdômen, levante seu corpo até onde conseguir. Faça de três a quatro séries, com 12 a 15 repetições.

PRANCHA

Foto: Adobe Stock • Deite-se de barriga para baixo e apoie os antebraços no chão. Levante o quadril e deixe o corpo alinhado, mantendo o peso apenas nas pontas dos pés e antebraços. O abdômen deve ficar contraído. Permaneça na posição durante pelo menos 1 minuto.

Publicidade
Publicidade
Publicidade