- Decoração -

POINT NOVO E ACONCHEGANTE

31.08.2020 por Bruna Kirsch

Saiba como foi criado todo o projeto arquitetônico do Café Cambará, parada obrigatória no caminho para uma das mais belas regiões do Rio Grande do Sul.

Foto: Vinicius Ferreira/Divulgação Localizado em um ponto estratégico no trevo da BR-453, em Cambará do Sul, o Café Cambará foi inaugurado em setembro de 2019 e chama a atenção de quem passa por ali. De acordo com a arquiteta Daiani de Medeiros, responsável pelo projeto, o empreendimento fica em um local impactante, que liga a Serra gaúcha, Cambará do Sul e a Rota do Sol. “É um daqueles lugares convidativos, parada obrigatória para um delicioso café com direito de desfrutar de bons momentos no entorno.” Assim, todo o projeto foi pensado para acolher o visitante: foram feitos decks externos com proteção solar para quem quiser fazer uma refeição acompanhado do seu pet, e elaborado um projeto paisagístico com laguinho, belas árvores e até uma peculiar roda d’água. Com um salão de 360 metros quadrados e capacidade para cerca de 300 pessoas, o conceito do projeto do café era ser um local acolhedor, amplo, aconchegante e que imprimisse um estilo country luxo. Segundo a arquiteta, o principal desafio enfrentado foi a falta de energia elétrica. “Tivemos que trabalhar na execução da obra ao longo de um ano, durante os três turnos do dia, com geradores. A ligação de energia só aconteceu na conclusão das edificações.”

“Todo o complexo tem aproximadamente 1,6 mil metros quadrados construídos, em um lote de quase 34 mil metros quadrados. Chamamos de complexo, pois, além do café e do restaurante, o espaço ainda possui uma loja de produtos da região, cozinha industrial (que conta com equipamentos produzidos pela RR Consulting), câmara fria, banheiros, escritório e casas para os funcionários. Além disso, construímos um lago em formato orgânico com peixes, fizemos uma roda d’água de aço corten e ainda um estacionamento coberto”, diz Daiani de Medeiros.

Foto: Vinicius Ferreira/Divulgação O detalhe que mais chama a atenção de quem passa pela rodovia é a grande roda d’água. “Ela foi construída em duas metades e fabricada em Gramado. Ao chegar ao local da obra, teve que ser erguida por um guindaste para ser soldada. A roda trabalha com a ajuda de motores que bombeiam água para darem força e fazê-la girar”, aponta Daiani, acrescentando que passou a ser um dos lugares preferidos dos visitantes para captarem imagens do pôr do sol.

Foto: Vinicius Ferreira/Divulgação Na parte externa, criou-se um calçamento com blocos de concreto para acesso ao estacionamento de veículos, que é todo coberto. Já na jardinagem, foram utilizadas pedras de roça retiradas da fazenda do proprietário, próxima ao empreendimento. Junto à roda d’água fica uma linda palmeira, deixando o cenário ainda mais instagramável. “Além disso, duas exuberantes oliveiras recepcionam os clientes na entrada principal do café.”

A arquiteta quis imprimir um estilo country chique ao projeto. “Ele foi pensado pelo fato de as mesas e as cadeiras serem de madeira, dando um ar mais rústico, enquanto os estofados de capitonê e os lustres de cristais proporcionam a elegância necessária para um equilíbrio perfeito”, afirma. No salão principal foram colocados 13 lustres pendentes de cristais, a fim de darem um toque mais requintado ao restaurante. Na parte interna do café, a arquiteta optou pela madeira de lei Ipê para o revestimento de vigas e colunas, já que o ambiente tem pé-direito duplo. “Para o revestimento do piso, foram utilizadas réguas de porcelanato imitando madeira, em conjunto com detalhes de ladrilho hidráulico, que faz perímetro no local de self service da churrasqueira, grelhados e buffet.”

Foto: Vinicius Ferreira/Divulgação Daiani explica que buscou trabalhar com cores quentes nos móveis e utilizou os tons da madeira para deixar o lugar mais acolhedor: “A luz quente proporciona um ambiente mais aconchegante. Também é perfeito para o ramo da alimentação”. E, para deixar o espaço ainda mais convidativo e agradável, o projeto foi completado com uma lareira. “É uma das estrelas do café, justamente por ter um design moderno e localizar-se no centro do salão. É o cantinho mais disputado nos dias frios”, afirma.

O prédio principal do café conta com decks laterais, que ocupam uma área de 140 metros quadrados. É o lugar perfeito para quem quer apreciar a paisagem e curtir o ar puro da Serra, principalmente se estiver acompanhado do seu cachorrinho. “Colocamos pergolados com tecido no teto, que contém filtro solar, para dar mais conforto térmico aos visitantes e para que quem esteja com seu pet possa curtir um tempo  por ali”, explica a arquiteta. Daiani trabalhou a decoração interna em parceria com o decoradorRoberto Waslawick. Além disso, ela assina toda a parte arquitetônica do empreendimento. O projeto estrutural é assinado pelo engenheiro Wilson Zini. O mestre de obras foi Maico Leal e os materiais de construção utilizados no empreendimento foram da Zini Materiais de Construção, de São Francisco de Paula.

O Café Cambará fica na Rua Tainhas, 45, Cambará do Sul (RS). Mais em @cafecambara.

Publicidade
Publicidade
Publicidade